Felicidades!

Os parabéns da coluna aos aniversariantes da semana: Renato Arantes, Maria Alice Furtado, Nely Ultramar, Brunella Covre Bento e Maria Helena Ottoni, hoje; Ivone Menezes, Laura Tristão, Alessandro Eller, Morgana Soares Fernandes, Ricardo Dalla e Cloves Louzada, amanhã; Angélica Corona Bassini, Paulo Paganucci, Rachel Perin, Roberta Prates e Álvaro Sarlo Netto, dia 12; José Eduardo Abreu, Ana Cristina Clark Ferreira, Adriana Faé, Fanilda Souto Barros, Grazzielle Campos Rosetti, Simone Chieppe Moura e Thais Carvalho, dia 13;Ana Paula Nascif, Maria Eduarda Abreu, Luana Casagrande e Maria Luiza Andrade, dia 14; Bruno Leão Torres, Rachel Pires, Simone Lyrio, Leila Tristão, Marianna Faé e Cláudia Arpini, dia 15; Fernanda Martins, Paula Follador, Maria Alice Nader, Denise Hosken e Isabel Cerutti, dia 16.

PÉROLAS

“O Espírito Santo não é o local onde se faz a melhor moqueca do Brasil. É o Estado onde se faz a única moqueca do Brasil.”

Dan Stulbach, ator e apresentador.

“O envelhecimento é um processo extraordinário em que você se torna a pessoa que sempre deveria ter sido.”

David Bowie (1947-2016), artista inglês.

“Podemos dizer que o futuro não existe. É impossível prever o que as pessoas vão fazer ou como vão se comportar.”

Dean Buonomano, escritor e neurobiologista americano, que investiga como o cérebro entende o tempo.

“A internet é a maior arma já criada pela humanidade, tanto para o bem quanto para o mal.”

Felipe Neto, influenciador digital.

Luisa Tostes, na Ilha de San Andrés, na Colômbia, modelando para grife de moda praia (Divulgação/Craab)

ELES NAS REDES SOCIAIS

“Durmo igual a um bebê: acordo várias vezes durante a noite para comer, chorar e fazer xixi.”

@criscrika

“Frase do dia: qualquer problema que você tenha comigo, o problema é seu!”

@silveropereira

DICA

Vinhos para o verão

Os brindes com vinho na estação mais quente do ano pedem opções mais leves. E alguns ganham destaque no verão, podendo ser degustados facilmente à beira-mar ou em um dia de piscina. Os vinhos verdes portugueses, que devem ser servidos geladinhos, são boas pedidas. De paladar descomplicado, aromas de frutas e flores e um ar levemente gaseificado, são excelentes opções para o verão brasileiro. Espumantes, cavas e champanhes também garantem charme e refrescância. Para quem não abre mão de um bom tinto, existem uvas que são conhecidas por gerarem vinhos de corpo leve e médio, como pinot noir e merlot. Tim-tim!

(Divulgação)

Brinquedos seguros

Quem ainda vai comprar o presente dos pequenos para o Dia das Crianças deve ficar atento ao Selo de Conformidade do Inmetro, que deve estar na embalagem do brinquedo. São analisados itens como impacto e queda (bordas cortantes e pontas agudas); mordida (partes que podem ser levadas à boca); toxicidade (metais e substâncias nocivas); inflamabilidade (risco de combustão em contato com o fogo); e ruído (níveis acima dos limites estabelecidos pela legislação).

Lixo eletrônico

Uma pesquisa da Green Eletron mostrou que 33% dos brasileiros não sabem como descartar lixo eletrônico, como lâmpadas, computadores e celulares sem uso. Quem tem algum aparelho precisando ser descartado e não sabe onde deixar, basta digitar “Ecoponto” na busca do Google Maps do seu celular que os endereços são disponibilizados. Em Vitória há quatro locais onde é possível fazer o descarte.

Mel online

O mel produzido pela Cooperativa de Agricultores Indígenas Tupiniquim e Guarani de Aracruz (Coopyguá) agora é vendido on-line para todo o Brasil. A cooperativa é resultado do resgate de uma das tradições indígenas, a meliponicultura (criação de abelhas nativas sem ferrão), projeto que faz parte do Programa de Sustentabilidade Tupiniquim e Guarani (PSTG), apoiado pela Suzano. A marca Tupyguá tem produtos como mel in natura, mel maturado, cera e pólen.

Mônica Pretti Haynes e Magali Magalhães em festa na Ilha (Arthur Louzada)

Ataques virtuais

Hora de reforçar a segurança virtual das empresas! A Check Point Software relata que o número médio de ataques virtuais em geral por semana às organizações cresceu 62% no Brasil, com uma média de 967 invasões por semana. Essa média está muito acima da mundial, que apresenta um aumento de 40% nos ataques virtuais.

Prevenção é o remédio

Cerca de 13% dos casos de câncer de mama em mulheres com mais de 30 anos poderiam ser prevenidos por meio de atividade física, aleitamento materno, pela não exposição ao consumo de álcool e pelo não excesso de peso, revelou pesquisa do Inca. Segundo os dados, pelo menos R$ 102 milhões gastos no SUS poderiam ter sido evitados pela não exposição aos fatores de risco.

Endividados

O número de famílias com dívidas a vencer subiu 1,1 ponto percentual em setembro, ficando em 74%, um recorde da série histórica iniciada em 2010. Na comparação, a alta foi 6,8 pontos, o maior incremento anual. Os dados são da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio.

Artigo anteriorOutubro Rosa – Fotos: Cloves Louzada
Próximo artigoColuna 11 de outubro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here