A Palavra

“Acima de tudo, porém, revistam-se do amor, que é o elo perfeito. Que a paz de Cristo seja o juiz em seu coração, visto que vocês foram chamados para viver em paz, como membros de um só corpo. E sejam agradecidos. Habite ricamente em vocês a palavra de Cristo; ensinem e aconselhem-se uns aos outros com toda a sabedoria. Tudo o que fizerem, façam-no em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças a Deus Pai.” Colossenses 3:14-17.

ELES NAS REDES SOCIAIS

“Pensei que fosse uma boa pessoa, mas a forma como reajo a motoristas lentos na faixa da esquerda me diz o contrário.”

@mytherapistsays

“Halloween é uma festividade que não faz parte da nossa cultura. Você acha que o Natal foi inventado em Osasco, querida?”

@victorhugo

A  arquiteta Bia Margon, que assina o ambiente Suíte da Filha, em mostra de decoração

Risco do phishing

Mais de 150 milhões de brasileiros foram atraídos para golpes por meio do phishing, crimes virtuais que tentam enganar as vítimas a partir de sites e aplicativos falsos que se passam como páginas oficiais de empresas ou pessoas famosas. Esse número foi divulgado na pesquisa do laboratório de cibersegurança da PSafe.

***

O dado desta pesquisa, aliado aos de outra da Kapersky, torna a situação ainda mais preocupante: sete em cada dez internautas brasileiros, entre 20 e 65 anos de idade, recorreram a redes sociais para se informarem durante o último ano, o que as torna mais vulneráveis ao phishing.


Outubro Rosa! Nanci Vianna, Erlita Barcellos, Naizinha Barbosa, Viviane Anselmé, Ana Amélia Fernandes, Alair Flor de Maio e Laiza Paganini em foto do ensaio “Você é Única” (Mônica Zorzanelli)

Planejamento

Faltando dois meses para acabar o ano, o meio corporativo entra em um ritmo mais acelerado para sanar obrigações legais e despesas extras a cumprir. “O ideal é que as empresas tenham um planejamento financeiro a fim de evitar transtornos”, disse Elido Emmerich, presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Espírito Santo – Sescon/ES.

Telemedicina

O gestor que não utilizar da telemedicina poderá ter custos operacionais extras, avalia o ortopedista Nilo Neto. “É uma saída para focarmos mais em gastos assistenciais. O gestor do século 21 precisa se habituar com essa ferramenta. Os serviços de telemedicina voltados para especialidades eletivas, assim como urgência e emergência, otimizam o tempo do paciente e os gastos do hospital e da própria saúde pública”, frisa.

Experiência do cliente

O investimento em experiência do cliente (CX) leva empresas a aumentarem em três vezes a base de clientes, aponta o Relatório de Maturidade em CX 2021 da Zendesk. A experiência do cliente requer investimento e inovação contínuos para realmente diferenciar os negócios e, por isso, 74% das médias e grandes organizações brasileiras aceleraram suas iniciativas de CX nos últimos 12 meses.

Cidade da paquera

Como diz o rapper Criolo, “Existe amor em São Paulo”.  Pelo menos é o que conclui pesquisa da revista britânica Time Out, que elegeu a cidade como a melhor do mundo para flertar. Em pesquisa com 27 mil pessoas, de países variados, 55% dos entrevistados apontaram a capital paulista como o melhor local do mundo para engatar um romance.

As amigas Marcela Merçon e Fabiana Baiôcco em festa na Ilha (Arthur Louzada)

Meditação no trânsito

Como parte das ações do Dia Mundial da Saúde Mental, o Waze agora disponibiliza no app técnicas de meditação disponibilizadas pela plataforma Headspace. O objetivo é oferecer ao usuário formas para respirar melhor e tentar relaxar em meio ao estresse do trânsito. A novidade também tem uma voz de navegação mais “zen” e plano de fundo do app que pode ser trocado de acordo com o humor do motorista.

Confiança no vet

Mesmo com tanta informação na palma da mão, os tutores de pets confiam mesmo é nos seus veterinários quando o assunto é a saúde de seus bichinhos. Um levantamento da Comissão de Animais de Companhia (Comac) mostrou que 82% dos tutores de cães e 79% dos de gatos recorrem aos especialistas no assunto. As redes sociais e o “Doutor Google” são procurados, porém poucos confiáveis para eles.

Caio Binda com Kássio Fontoura no lançamento do quarto assinado pelo arquiteto, na Casa Arrumada, em Santa Lúcia (Ana Luiza Velasco)

Meninas cientistas

As mulheres são a maioria da população mundial, mas apenas um terço dos cientistas do mundo. Pensando nisso, as escritoras Juliana Krapp e Mel Bonfim lançam “Histórias para inspirar futuras cientistas”, que conta a história de 12 pesquisadoras, como Alzira Maria Paiva de Almeida, pernambucana que atuou no controle de peste bubônica. A obra pode ser baixada gratuitamente.

Guardião

A história do biólogo Augusto Ruschi está em uma nova biografia que será lançada nesta terça. “Ruschi: o Guardião da Floresta” tem coordenação de Antonio de Padua Gurgel. O jornalista Bartolomeu Boeno de Freitas escreveu o texto inicial do livro, que teve também a colaboração de Gabriel Ruschi, neto do biografado, e de Leonardo Merçon, do Instituto Últimos Refúgios.

Artigo anterior“Melhor resort do mundo”
Próximo artigoMesa de Negócios – Fotos: Cloves Louzada
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here