ELES NAS REDES SOCIAIS

“Todo lugar que eu vou deixo um pouquinho de mim… 120 fios de cabelo”

@euqueapanhe

***

“A gente vira adulto e descobre que metade das pessoas que a gente conhece faz tratamento psicológico e a outra metade precisa fazer”

@FlavioScheid

: Elegante, Karla Farias em recepção na Ilha (Arthur Louzada)

Petróleo

Um artigo da professora Adriana Campos, do Departamento de Administração da Ufes, assinado em parceria com o professor da UFRRJ Joilson Cabral, conquistou o 1º lugar no XXVI Prêmio ES de Economia, concedido pelo Conselho Regional de Economia do Espírito Santo. Segundo o artigo, o setor de petróleo e gás natural representa cerca de 25% do PIB capixaba. Apesar desse percentual, o que a pesquisa identificou é que a retirada progressiva dessas atividades majoritariamente extrativas não teria um impacto tão significativo no produto estadual.

Leilão

A cantora Anitta participou de um leilão beneficente organizado pelo ator Sean Penn em Miami, na última semana, com renda destinada às pessoas que foram afetadas pela pandemia da Covid-19. A artista ofereceu no leilão um passeio no Carnaval com ela, que foi arrematado por 100 mil dólares.

Agilidade

No mês de novembro, o Espírito Santo se destacou com um dos menores tempos para se abrir uma empresa no Brasil, de acordo com dados da Junta Comercial. Enquanto a média nacional foi de 2 dias e 2 horas para se registrar uma empresa, o Espírito Santo obteve a marca de 26 horas corridas, ficando com o segundo melhor tempo do País.

Nice Lemos, Eulália Chieppe, Delma Negreiros e Dora Zoppi, em lançamento literário na Praça do Papa (Arthur Louzada)

Auxílio Gás

O decreto que regulamenta o Auxílio Gás foi publicado no Diário Oficial da União, na última sexta. As famílias beneficiadas terão direito, a cada dois meses, a um valor equivalente a 50% da média do preço nacional de referência do botijão de 13 quilos (kg) dos últimos seis meses. O auxílio é destinado a aliviar o efeito do preço do gás  de cozinha sobre o orçamento das famílias de baixa renda.

Oportunidade

Para Glaucio Siqueira, consultor empresarial especialista em varejo, as reclamações são oportunidades para estreitar o relacionamento com os clientes. “Quem reclama demonstra uma vontade de permanecer com o serviço, mas espera que a empresa tenha uma resposta direta, clara e objetiva para resolver o problema apontado. Mesmo se a reclamação for improcedente, dê atenção”, explica.

Verão

Mais de 30% dos empresários do setor de bares e restaurantes pretendem contratar ainda em 2021, mas esbarram na dificuldade para recrutar mão de obra de qualidade. Diante desse cenário o SindBares, em parceria com o Senac-ES, realiza hoje o Workshop Gratuito “Qualidade no atendimento em Serviços de Bares e Restaurantes”. A capacitação será no auditório do Senac, em Vitória.

César e Marcela Viola (Arthur Louzada)

Beco do Batman

O Beco do Batman, ponto turístico altamente “instagramável” de São Paulo, agora pode ser conhecido de forma virtual, por meio de um aplicativo de realidade aumentada chamado oBeco Expandido. A ferramenta permite a releitura de obras de grafiteiros renomados no Beco do Batman, trazendo movimento e volume em um ambiente tridimensional que gera interação e dá vida à arte urbana.

Espelho

Os espelhos, além de necessários, desempenham papel estratégico na decoração. “Espelhos dão a sensação de amplitude e contribuem com a iluminação do ambiente, além de proporcionarem requinte e sofisticação. Eles podem variar de cor, como nas versões prata e fumê, e o acabamento pode ser lapidado ou bisotado, dando um toque especial à decoração”, comentou o consultor técnico Luiz Cláudio Rezende.

Queda

A economia brasileira registrou queda de 0,1% no terceiro trimestre deste ano. O PIB, no período, somou R$ 2,2 trilhões. Os dados são do IBGE. Na comparação com o terceiro trimestre de 2020, no entanto, houve uma alta de 4%. O PIB também acumula alta no período de 12 meses (3,9%). Na passagem do segundo para o terceiro trimestre deste ano, a queda foi puxada pelo setor agropecuário, que teve perdas de 8%.

Gracinha Neves e Jô Drummond (Arthur Louzada)

Artigo anteriorEspetáculo aquático
Próximo artigoColuna 07 de dezembro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here