CYAN OCEAN FRONTO Infinito azul à beira-Mar

Acontece hoje o lançamento de mais um empreendimento imobiliário de altíssimo padrão, idealizado pela Nazca, Construtora Abaurre e Apex, o Cyan Ocean Front.

Localizado entre o Parque Cultural Reserva Vitória, o Shopping Vitória e a Praia, as 39 residências exclusivas do Cyan Ocean Front, foram projetadas para proporcionar requinte, sofisticação e qualidade de vida.

O projeto arquitetônico do empreendimento imobiliário ficou a cargo da DG Projetos, leia-se Diocélio e Bernardo Grasselli, e o paisagismo assinado pelo Escritório Burle Marx para embelezar a orla da Enseada do Suá, abrangendo o Parque Cultural Reserva Vitória entre o Shopping Vitória e a Praia da Curva da Jurema

Os arquitetos Julio Ono, Isabela Ono e Gustavo Leivas estão à frente desse projeto, sendo coordenadores do escritório.

Já as áreas comuns do térreo do empreendimento ficaram a cargo do renomado arquiteto João Armentano, que atua no mercado nacional e internacional há mais de 30 anos, desenvolvendo projetos de arquitetura, interiores e decoração nos segmentos residencial, comercial, corporativo e hoteleiro.

O Cyan Ocean Front se torna uma obra de arte atemporal, onde a estética se funde com a funcionalidade.

De acordo com um dos diretores da Nazca, Breno Peixoto, o bem-estar é a prioridade. “Com um lazer qualificado, cada detalhe foi pensado para proporcionar momentos de relaxamento e diversão. Desde piscinas com deck molhado até salas de massagem, passando por espaços gourmet e áreas de convívio, cada instante é uma celebração da vida à beira-mar”, afirma Peixoto.  

Além disso, o Cyan conta com a certificação Fitwell, um selo internacional que considera acessibilidade, atividades físicas e espaços verdes, qualidade do ar e iluminação natural, para certificar empreendimentos que contam com esses atributos e contribuem para a saúde mental e física da comunidade.

A Nazca foi a primeira incorporadora do Estado a receber o selo Fitwell. O Cyan Ocean Front é o segundo empreendimento da Nazca que possui essa certificação.

Um outro atrativo é o programa de personalização, o “Up House” da Construtora Abaurre. Este serviço oferece a possibilidade de personalização na planta do imóvel. “Cada morador pode alterar o imóvel na planta, personalizá-lo de acordo com suas necessidades e estilo, com consultoria e supervisão da Construtora Abaurre”, destaca Peixoto. “Para esse cliente, ter seu imóvel diferenciado, desde o projeto executivo, é uma conquista de um cliente com perfil de alto padrão do empreendimento”, pontua.

Cyan Ocean Front

Avenida José Miranda Machado, 310 – Enseada do Suá – Vitória – ES

4 suítes – Unidades Tipo: 249 a 536 m² – Duas unidades por andar

Welness

Piscina com deck molhado

Piscina infantil

Fitness

Pilates e Yoga

Sauna Seca e Sauna úmida

Spa e Repouso

Salas de massagem

Convívio

Gourmet / Wine bar

Salão de Festas

Churrasqueira

Praças

Diversão

Sala de Jogos

Brinquedoteca

Playground

Quadra

Garage Band

Espaços Multifuncionais

Conference Room

Centrais de Delivery com refrigeradores

Varanda_Divulgação
Piscina _ Divulgação
Suite menino_ Divulgação
Wine Bar _ Divulgação
Pet Care _ Divulgação

Direito empresarial em relevância

Entre os dias 26 e 30 de maio, Barcelona, na Espanha, será sede de um evento de grande relevância para a área do direito empresarial. Sob o título “Recuperação Judicial, Inteligência Artificial e Soluções de Conflitos: Desafios para o Futuro”, o curso, exclusivo para Ministros, magistrados, promotores e advogados especializados, abordará temas essenciais durante cinco dias. O escritório Finamore Simoni Advogados, referência em recuperação judicial no Estado, estará presente, reforçando seu compromisso com a excelência em Direito Empresarial.

Viagem gastronômica

O querido amigo e chef Juarez Campos embarcou ontem para Berlin, indo se encontrar com sua esposa Cynthia que lá se encontra há 40 dias. De Berlin partem para Noruega, Suécia, Dinamarca e Irlanda.

Voltam via Londres e Paris como sempre. Nesta viagem Juarez quer ver um pouco sobre a gastronomia escandinava, também conhecer a destilaria do Jameson, seu uísque predileto e em Londres (hoje, a Capital Gastronômica do Mundo, curtir os principais chefs do mundo em restaurantes de lá), e para fechar, Paris, para conhecer as novidades que surgiram ano passado e curtir seus restaurantes prediletos de muitos anos. O retorno será só em19 de junho.

Culinária Japonesa

A Associação Nikkei de Vitória realiza hoje, na Mata da Praia, o 57º Festival de Culinária Japonesa. O evento acontece das 18h às 22h, na sede da ANV, com acesso pelo Parque Pedra da Cebola. A entrada é gratuita.

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 24 de Maio
Próximo artigoColuna 26 de Maio
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here