Comemoração com amigas!

Simone Duarte que aniversariou na terça-feira de carnaval, 13, reuniu um pequeno grupo de amigas ontem no Restaurante Alas, para almoço que se esticou até a noite, no Boteco Boa Praça. Parabéns!

Raigna Vasconcelos, Cris Rocha, a aniversariante Simone Duarte, Fernanda Prates e Carol Lobato

Livro: Mulheres de Negócios – 23 formas de empreender

No dia 20 de fevereiro, a empresária Elayne Borel apresentará com exclusividade a primeira edição do livro “Mulheres de Negócios: 23 Formas de Empreender” para as coautoras envolvidas no projeto, no espaço Universo Almeida. Este encontro íntimo, destinado unicamente às colaboradoras, celebra a conclusão e o sucesso da obra em um ambiente reservado e dedicado à equipe que tornou este projeto possível. Além da entrega, a reunião servirá para alinhar os planos da noite de autógrafos e do lançamento oficial, marcados para 27 de fevereiro, na concessionária Kurumá, na Reta da Penha.

Sobre o Livro

“Mulheres de Negócio: 23 Formas de Empreender” é um projeto idealizado por Elayne Borel, fundadora e CEO da Rede Mulheres de Negócios. “Este livro é uma celebração do poder transformador das histórias e reflete minha missão de impulsionar e ser ponte para o fortalecimento do empreendedorismo feminino. Acredito firmemente que cada conquista individual inspira um coletivo de possibilidades”, afirma Elayne. Esta edição é a primeira de uma série. “Temos tantas histórias incríveis para contar que decidimos dividir em uma coleção especial.”

Este projeto transcende a ideia de um livro, sendo a voz de 23 mulheres poderosas que decidiram compartilhar o que significa empreender. Cada capítulo traz histórias reais, oferecendo um panorama rico e diversificado de 23 formas distintas de empreender. As narrativas compartilham não apenas conquistas, mas também desafios, dores e alegrias, contribuindo com lições valiosas.

“Mulheres de Negócio: 23 Formas de Empreender” é uma fonte de inspiração e um convite à reflexão sobre o poder da resiliência e da força do empreendedorismo feminino. É um chamado para que mais mulheres se vejam como protagonistas de suas histórias empresariais, mostrando que é possível crescer, inovar e, principalmente, inspirar.

Próximos Passos

O grande destaque será a noite de autógrafos no dia 27 de fevereiro, que reunirá imprensa e convidados para uma celebração especial. Este evento não apenas celebrará o trabalho das coautoras, mas também marcará oficialmente a chegada do livro ao mercado, diretamente da concessionária Kurumá, um local simbólico de sucesso e inovação. Entre as mulheres que contam suas histórias de sucesso, estão Fernanda Prates, Simone Duarte, Cristiane Rocha, Mayka Schneider, Carol Lobato, Daniela Morais, Luciana Guerra e Mylla Rodrigues.

Elayne Borel_Cloves Louzada

Felicidades!

Os parabéns da coluna aos aniversariantes da semana: Lea Destéfani, Átila Teles, Carla Buaiz e Manoela Ferrari, hoje (18); Anna Paula Cabral Guerzet, Morena Espíndula, Magali Magalhães e Franco Bastos, (20); Renata Sarmento, Helcias Castro, Rita Garajau e Simoni Balarini, (21); Anna Chieppe, Marcia Murad, Andy Bonella, (22); Andressa De Prá, Ricardo Gonçalves Neto e Mônica Corteletti, (23); Lília El Aouar, Luciene Prates e João Vicente Altoé, (24).

Carnaval em Salvador!

O casal Cícero Ribeiro e Mayka Schneider, no Bloco Coruja da comadre Ivete Sangalo_Divulgação

Carnaval em Búzios!

Bruno Poubel e Paula Maiolli, em Búzios, no Silk Beach Club

Carnaval em Miami!

O Procurador de Justiça Josemar Moreira em Miami onde passou o carnaval

Carnaval na Sapucaí!

Índio e Lulu Pretti curtindo o carnaval na Marquês de Sapucaí, no desfile da Campeã Viradouro

E TOCA A VIDA!

Artigo anteriorColuna 17 de Fevereiro
Próximo artigoColuna 19 de Fevereiro
Maurício Prates nasceu em Cachoeiro de Itapemirim e a comunicação em sua vida começou muito cedo. Aos 11 anos, em 1954, produziu o seu primeiro jornal. Um jornalzinho que falava da escola, dos estabelecimentos de ensino professor Alfredo Herkenhoff. Foi até a papelaria Vieira e pesquisou com Geraldino Poubel o preço da publicação e em seguida percorreu o comércio para vender anúncios e cobrir a despesa do seu primeiro jornal. Não ganhou nada. Só mesmo experiência. No mês seguinte a história mudou e além de publicar o segundo número do jornal, ainda sobrou dinheiro para comprar um sapato novo, ir ao cinema e tomar, de uma só vez, três sorvetes na " Polar", a mais tradicional sorveteria da cidade. E não parou mais. E de lá para cá, deu no que deu! Maurício é bacharel em direito, mas nunca exerceu advocacia. É jornalista e radialista com registros no ministério do trabalho. Tudo guardado em sua carteira de trabalho. Uma única carteira, assinada somente por empresas do grupo João Santos. Sua magistral universidade de vida. O primeiro contrato de trabalho foi na fábrica de cimento, como auxiliar administrativo; depois foi para o Jornal Arauto - que circula desde de 1976 sob sua direção -. em 1978 foi contratado pela Nassau Editora Radio e TV e montou A Tribuna fm Cachoeiro. Em 1982 veio para Vitória dirigir a rede A Tribuna onde ficou até 1998, quando fez um acordo com A Tribuna, fechou o seu contrato de trabalho e lançou a sua coluna diária em A Tribuna, no dia 08 de outubro de 1998. "O grupo João Santos é, e sempre será uma extensão na minha vida, não somente profissional, mas principalmente pela formação de minha vida", diz Maurício Prates para quem quer ouvir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here